Indústria Imaginária | Produção de filmes e conteúdos para TV

A Indústria Imaginária foi fundada por Ricardo Nauenberg após 10 anos de atuação na TV Globo . Atua na produção de filmes e conteúdos para TV



NOVA PARCERIA... MIGUEL FALABELA e RICARDO NAUENBERG vão produzir série de ficção para o GNT|Em negociação com o MULTISHOW a nova série de ficção EDIFICIO ARTE CENTRAL|Em produção a terceira temporada de AUDIO RETRATO para 2015|Em final de roteirização a série BANHEIRO FEMININO, concebida especialmente para a internet... filmagens em maio.|Em REPRISE devido a alta AUDIENCIA, exibição no BIZ - MULTISHOW canal 120 OU 620 da NET, a série AUDIO RETRATO.... 6 doco-musics com de Gilberto Gil, Lenine, Fernanda Abreu, Dinho Outro Preto e o Capital Inicial, Evandro Mesquita e a BLITZ, e Gabriel o Pensador... em breve reprise da SEGUNDA TEMPORADA| O INVENTOR DE SONHOS com Stênio Garcia, Luis Carlos Vasconcelos, Ricardo Blat, Ícaro Silva, e Guilhermina Guinle em exibição no TELECINE TOUCH

Em projeto

Porta Bandeira

Porta Bandeira

Porta Bandeira é uma série que traça uma radiografia da maior ópera em céu aberto do mundo, o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro através de uma disputa entre seis meninas da comunidade, cujo objetivo é  brilhar. Em cada escola a bandeira é seu símbolo maior e a responsabilidade de carrega-la é dada a uma única garota. Essa garota é a PORTA BANDEIRA. Através da escolha dessa menina vamos mergulhar no processo que transforma fantasia em realidade, um esforço enorme que coloca oitenta mil pessoas dançando na passarela. Além de ser um relato sobre a indústria do carnaval é também uma história de poder e vaidade. Focada por todas as câmeras e fotógrafos o evento é a chance para essas meninas se tornarem especiais e famosas… e elas lutam por isso. Tudo começa com a música, a dança sua beleza, e os padrinhos que elas possam conseguir para alcançar seus objetivos… e as vezes uma experiente tutora (uma antiga porta bandeira).

Desde o começo dos desfiles muita coisa mudou… principalmente por causa da tecnologia de construção dos carros alegóricos e adereços. No entanto a possibilidade de transmitir o evento para o mundo todo, o novo mundo da internet, ampliou enormemente os ganhos comerciais do evento… e maiores doses de  vaidade se consolidam. Maiores receitas se criaram e uma nova indústria se formou… milhares de carpinteiros, costureiras, designers trabalhando juntos sem nenhuma coordenação central aparente. Através do processo de escolha da porta bandeira, competição, rivalidades e generosidades se formam em um mundo onde vaidade, fama, poder e fraquezas humanas sempre vão existir… em torno da PORTA BANDEIRA.

Galeria de Imagens