Indústria Imaginária | Produção de filmes e conteúdos para TV

A Indústria Imaginária foi fundada por Ricardo Nauenberg após 10 anos de atuação na TV Globo . Atua na produção de filmes e conteúdos para TV



NOVA PARCERIA... MIGUEL FALABELA e RICARDO NAUENBERG vão produzir série de ficção para o GNT|Em negociação com o MULTISHOW a nova série de ficção EDIFICIO ARTE CENTRAL|Em produção a terceira temporada de AUDIO RETRATO para 2015|Em final de roteirização a série BANHEIRO FEMININO, concebida especialmente para a internet... filmagens em maio.|Em REPRISE devido a alta AUDIENCIA, exibição no BIZ - MULTISHOW canal 120 OU 620 da NET, a série AUDIO RETRATO.... 6 doco-musics com de Gilberto Gil, Lenine, Fernanda Abreu, Dinho Outro Preto e o Capital Inicial, Evandro Mesquita e a BLITZ, e Gabriel o Pensador... em breve reprise da SEGUNDA TEMPORADA| O INVENTOR DE SONHOS com Stênio Garcia, Luis Carlos Vasconcelos, Ricardo Blat, Ícaro Silva, e Guilhermina Guinle em exibição no TELECINE TOUCH

Música

Borzeguim – tom jobim

Borzeguim - tom jobim

Um dos últimos programas de Antonio Carlos Jobim foi o especial ANTONIO BRASILEIRO exibido na REDE GLOBO DE TELEVISÃO, um especial com co-direção de Roberto Talma e Ricardo Nauenberg. O fechamento do programa é feito com uma peça musical chamada BORZEGUIM, que misturou imagens reais captadas no teatro Phoenix no Rio de Janeiro  com animação feita em lápis preto e branco.  O programa foi filmado em dois países: Estados Unidos (Nova York, onde Tom residia uma parte do tempo) e Rio de Janeiro (sua cidade natal, onde especialmente cultivava o hábito de observar os pássaros da floresta que circundava a sua casa, no alto do Jardim Botânico).

Borzeguim é o nome dado a um sapato de cano médio, com cadarços trançados, também conhecido como “sapato de soldado“. Esse calçado foi utilizado, com ou sem perneiras, pelas forças armadas brasileiras até a segunda guerra mundial, quando então foi substituído pelos coturnos. Na interpretação de Tom, o calçado é uma forma de revisitarmos a mata e o interior do Brasil, como se fosse um veículo em que o espectador pega carona viajando pela natureza, pela fauna e pela flora.

Tecnicamente é uma interessante oportunidade de mistura de lingaugens, fundidas de forma simples sem tirar o foco e importância da obra musical, que é a matéria prima de maior relevância em todo o programa.

Galeria de Imagens